Meio Ambiente

A extração mineral é precedida da implantação das infraestruturas mitigadoras dos impactos que serão gerados na lavra, amplamente discutidos nos estudos ambientais aprovados pelos órgãos federais e estaduais. Esgotado um corpo mineral e/ou parte dele, tem início a reconformação topográfica seguida da vegetação coerente ao meio circundante. A extração e a reabilitação da cava são sequenciais e sucessivas. O impacto visual ocorre por um tempo relativamente curto e as alterações de relevo se tornam imperceptíveis ao longo do tempo.

Para garantir maior biodiversidade da cobertura vegetal nas áreas reabilitadas, a empresa possui um horto florestal responsável pela identificação de espécies florestais nativas, coleta de sementes e produção de mudas da vegetação que ocorre naturalmente nas regiões onde atua. Essa iniciativa permitiu o conhecimento dos métodos de quebra de dormência de sementes e produção de mudas de aproximadamente 205 espécies arbóreas nativas e exóticas, entre elas frutíferas, cuja finalidade é de atrair a fauna para fomentar o processo de sucessão natural  e desenvolvimento da revegetação. Atualmente são produzidas cerca de 50.000 mudas/ano, que são usadas nos projetos de reabilitação das áreas mineradas (25%) e doadas para a comunidade (75%) e através de parcerias, para programas públicos ou privados de regeneração ambiental.

Nas unidades industriais foram implementados nos últimos anos diversos projetos e programas de gestão ambiental e controle de impactos, entre os quais podemos citar:

1 - Controle de emissões atmosféricas com substituição do óleo combustível pelo gás natural, além de modernização de equipamentos e sistemas de filtragem de gases e retenção de materiais particulados.

2 - Controle de lançamento de efluentes líquidos, com implantação de uma nova estação de tratamento de esgotos e recirculação total da água utilizada no processo industrial.

3 - Coleta seletiva, reciclagem e/ou reaproveitamento e destinação adequada de resíduos sólidos gerados.

4 - Recuperação e reaproveitamento de finos de minério no processo produtivo.

Voltado para a comunidade, a empresa possui a mais de uma década, um Programa de Educação Ambiental, tendo atendido por volta de 2 mil crianças do ensino fundamental de escolas públicas da região. A doação de espécies nativas e exóticas tem atingido 35 mil mudas/ano e são destinadas aos pequenos fazendeiros. Parcerias com Prefeituras de Poços de Caldas, Caldas, Andradas, Senador Amaral, Bom Repouso, Manhuaçu e Simonésia foram realizadas por diversos anos seguidos sempre fomentando o conservadorismo e a prática do adensamento das matas ciliares. A Criação de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural – RPPN: Fazenda das Pedras Leste no interior do planalto de Poços de Caldas, com 260 hectares e o projeto de manejo da bacia hidrográfica da represa Saturnino de Brito, um dos mananciais de abastecimento da cidade representam eventos marcantes nas atividades ambientais da empresa.

 

© 2014 Mineração Curimbaba - Todos os direitos reservados - Wonka Inc.